ArteBrew – Cerveja Artesanal – A melhor loja para produção de cervejas

como fazer cerveja

Fazendo Cerveja Em Casa

Já pensou em fazer sua própria cerveja no conforto do seu lar? Pois bem, aqui na ArteBrew teremos um novo curso, agora a turma 118.

Quer participar? É fácil. É somente se inscrever e pronto. Aguardar o dia do curso e ter uma maravilhosa experiência.

Segue o link do curso:

Curso Produção Cerveja

omo-fazer-cerveja-artebrew
Curso Como Fazer Cerveja ArteBrew

Curso de Cerveja!!!

Neste último final de semana tivemos mais um curso promovido pela ArteBrew. São ao todo mais de 4.000 alunos que aprenderam a arte de produzir a autêntica cerveja artesanal.

Quer aproveitar? Entre no link e venha participar do próximo que será dia 16/dez/17:

http://cervejacaseira.com.br/cursos.html

ou nos encaminhe um email para saber detalhes!!!

Receita de Imperial Stout

Como semana passada falamos de cervejas que combinam com o inverno, hoje trazemos uma receita de Imperial Stout,uma cerveja escura, potente e que combina muito bem com esse clima.Também vale mencionar que esse estilo harmoniza muito bem com sobremesas (cheesecakes, strudels, tortas, sorvetes, chocolates…), especialmente aquelas que contém chocolate, porque esse ingrediente ressalta as características dessa classe.
Para o preparo vocês encontram todos os insumos na nossa loja virtual ou também na nossa loja física, Rua Santo Bassan, 81 Lado B Bosque das Palmeiras Campinas/SP ,Tel.: (19) 3257-260. O passo-a-passo básico  nós já contamos aqui e atenção ao ajuste da receita para seu aparelho!

Agora vamos aos ingredientes:

– Malte Weyermann® Pale Ale – 43%
– Malte Pilsen Agraria Malte – 12,5%
– Malte Weyermann® Caramunich 3 – 12,5%
– Malte Weyermann® Caraaroma® – 12,5%
– Malte Weyermann® Caraamber® – 12,5%
– Malte Weyermann® Carafa® 3 – 4%
– Cevada Weyermann® Torrada – 3%

Lúpulos
– Amargor – 39 gramas HVG Magnum – início fervura
– Aroma – 46 gramas HVG Perle – faltando 10 minutos final da fervura

Fermento
– Lallemand Windsor

OG – 1,110
FG – 1,022

Brassagem – 66C durante 90 minutos
Fervura – 90 minutos
Fermentação – 16C por 3 semanas aproximadamente
Maturação – 3 a 4 meses
Teor alcoólico esperado – 11,7% ABV

Conhecendo um pouco mais sobre as leveduras da Lallemand

Muitos não conhecem exatamente sobre as variedades de leveduras que são produzidas pela Lallemand e decidi falar um pouco sobre elas para facilitar a vida dos nossos cervejeiros.
O Grupo Lallemand Inc. existe desde 1915. Está presente no mundo todo e seus produtos são largamente utilizados na indústria de alimentos (pães, bebidas fermentadas e probióticos), na nutrição animal e na produção de álcool combustível.

 

O grupo é especialista no desenvolvimento e produção de leveduras e fermentos lácticos. Trabalha em parceria com cerca de 70 instituições de pesquisa e universidades na Europa, América do Norte, Ásia e América do Sul. Hoje, é líder mundial do setor e oferece grande variedade de produtos com eficácia comprovada no laboratório e no campo.
No ano de 2000 a Lallemand comprou uma participação majoritária da Siebel Institute of Technoligy, a mais antiga escola de cerveja dos EUA. Fundado em 1872, o Instituto Siebel atualmente oferece serviços em leveduras, DNA, avaliação e análises em cervejas, formulações de cervejas, consultorias, além de formar inúmeros Sommeliers em Cervejas e Mestres Cervejeiros, o qual tem parceria coma Doemens Academy da Alemanha.
O fermento que vou comentar hoje é o Nottingham. Ele é uma levedura incrivelmente versátil, com alta floculação, atenuação complexa e produz cervejas com baixas concentrações de aromas frutados e esterificados e com isto resultando em cervejas neutras que beneficiam o sabor e aromas naturais dos lúpulos e dos maltes utilizados na receita.
Muita gente não sabe, mas apesar de ser uma levedura ALE, ou seja, indicado para cervejas de alta fermentação, ele também atua, e muito bem, em cervejas LAGER. O range de temperatura indicado para o trabalho para o Nottingham está entre 10C e 23C, conforme imagem abaixo.
Reparem que o extrato final é muito semelhante em todas os mostos o que indica o alto desempenho desta cepa.
Bem, então se você deseja fazer uma LAGER ou ALE, o fermento Nottingham é uma boa opção.
ArteBrew – Nosso Negócio é a Sua Cerveja
www.artebrew.com.br

Concursos de Cerveja….Vale a pena participar?

Neste final de semana, mais exatamente nos dias 30, 31 de Maio até dia 01/junho/2013 vai rolar mais um concurso da AcervA Brasil. Será o oitavo concurso e será na cidade de Curitiba PR.

Vale a pena participar destes concursos? Muitos me indagam e por isto resolvi escrever.

O Brasil está num momento “frauda”. Sim, estamos ainda na frauda quando se trata de cervejas especiais. O começo de tudo e principalmente o momento onde “cacas” ocorrem, e entendo que devem ocorrer… O momento é de crescimento, de aprendizado. Muitas cervejas serão elaboradas, muitas boas, algumas contaminadas, muitas perfeitas, outras totalmente fora do estilo.

Todos os países passam por esta fase. Nem imaginem que a Alemanha já nasceu sabendo, muito menos a Bélgica. Todos os outros países e continentes que atualmente figuram com destaque um dia estiveram no momento “frauda”.

Qual o ponto positivo de tudo isto? Estamos subindo a “onda”. Um dia estaremos na crista dela, mas depende de nós fazermos os que deve ser feito para que possamos chegar lá.

Então como chegar lá sem passar por obstáculos? Nunca será possível o sucesso sem trabalho. Temos que fazer força para poder surfar na onda.

Então, penso sim, que estes concursos são muito bons e temos todos que participar, mesmo que nossas cervejas ainda não estejam do nosso paladar ideal. São nestes concursos que temos uma avaliação das nossas produções, o feedback do avaliador. Vale a pena receber as impressões do que acharam das nossas produções com detalhes técnicos e não somente “não estava muito boa não”…..

Bom, pra quem for talvez nos encontremos lá. Se não for neste concurso em algum nós nos falamos.

Abraços

Afonso Landini
ArteBrew – Nosso Negócio é a Sua Cerveja!!!